Teatro Cacilda Becker apresenta Drags queen em cena: três espetáculos com temáticas LGBTQ

0
Espetáculo “Concurso Drag. | Foto: Aline Ewald

A partir desta semana, drag queens tomam os palcos de São Paulo em diferentes espetáculos: Café com Trauma, da Cia Canastra, acontece de 4 a 25 de outubro no Espaço Parlapatões; As Bunytas da Rádio fará temporada no Cabaret da Cecília de 9 a 30 de outubro; já Cacilda: O Concurso Drag dá continuidade a competição mensal de drags que acontece no Teatro Cacilda Becker. Tendo Penelopy Jean e Rita Von Hunty como juradas convidadas, a edição está marcada para dia 8 de outubro. 

Café com Trauma, primeira encenação da Cia Canastra, é uma comédia dramática que reúne em cena as drag queens Alexia Twister, Athena Leto, Dinamyte Pangalática, Mercedez Vulcão e Thelores. Sua proposta é discutir os estereótipos de feminino e masculino enquanto trata de temas como os traumas causados pelos estigmas sociais, além de apresentar elementos da arte drag fundidos com elementos do teatro clássico.

“Café com Trauma | Foto: Oswaldo Roldan

Sob direção e dramaturgia coletiva, as artistas apresentam  temas de cunho pessoal. Algumas das questões abordadas são a dificuldade de adequação de Dinamyte Pangalática pelo fato de sua interprete ser uma mulher cisgênero; o processo de aceitação de Thelores quanto à sua sexualidade e relacionamentos no meio LGBTQ+, entre outros.

As Bunytas do Rádio é um espetáculo que fala sobre as nuances do amor. Partindo da temática poética da Era de Ouro da Rádio, três drag queens – Jhenny (Renato Lima), Mercedez Vulcão (Pedro Machitte) e Thelores (Beto Souza) – constroem histórias românticas através das músicas de grandes divas brasileiras, como Dolores Duran, Dalva de Oliveira, Irmãs Galvão, Ângela Maria, Inesita Barroso, entre outras. A construção das cenas acontece inspirada por dramaturgia de radionovelas que culminam em um grande programa de auditório ao vivo, com a participação do público na evolução das cenas. Sendo assim, a cada dia o espetáculo ganha nuances diferentes.

Nesta peça, o universo drag queen impulsiona uma linguagem melodramática, exagerada e visceral que o grupo se apropria de forma saudosista para resgatar um período de grande importância histórica na cena artística brasileira. Na criação da obra, os três atores/drags pesquisaram os pilares da Era de Ouro da Rádio e relacionaram as temáticas às suas vivências pessoais que se conectam com o período, trazendo dessa forma a figura drag como interlocutora central dessas potências femininas. O espetáculo utiliza recursos cênicos como dublagem, canto, músicas tocadas ao vivo, coreografias e improvisação com o público.

Cacilda: O Concurso Drag é uma competição entre drag queens que acontece de uma maneira diferente dos concursos tradicionais: As competidoras participarão mensalmente das provas, sem que haja eliminação, acumulando pontos de acordo com seu desempenho, podendo assim evoluir durante o percurso. Nessa estrutura, quem mais ganha é o público, que vai poder acompanhar essa evolução e assistir números de qualidade.

O objetivo da competição é unir o engajamento da participante, necessário para se sobressair em um concurso, com a diversão, tanto para quem participa quanto para os que assistem, gerando assim um resultado performático de qualidade e que transcenda uma ideia ultrapassada de rivalidade entre colegas de trabalho. O concurso faz parte do projeto Cacilda Toda Terça, que leva programação diversificada a esse espaço todas às terças-feiras.

No mês de outubro, as concorrentes foram desafiadas a criar um numero a partir do tema Halloween. O concurso ocorre desde julho de 2019 e a final está marcada para dia 5 de novembro. As juradas convidadas desta edição são as drag queens Penelopy Jean, dona de um canal do YouTube que leva seu nome; e Rita Von Hunty, do canal de YouTube Tempero Drag – ambas também são apresentadoras do programa Drag Me As a Queen, do canal E!, ao lado de Ikaro Kadoshi.

\\SERVIÇO

Café com Trauma

De 4 a 25 de outubro. Sextas-feiras, às 23h59
Local: Espaço Parlapatões (Praça Franklin Roosevelt, 158)
Ingressos: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)
Link para compra antecipada: https://bileto.sympla.com.br/event/62462
Capacidade: 95 lugares
Classificação Indicativa: 14 anos
Duração: 70 min

Ficha Técnica

Drags: Alexia Twister, Athena Leto (Gabriel Leto), Dinamyte Pangalática (Veridiana Benassi), Mercedez Vulcão (Pedro Machitte) e Thelores (Beto Souza).
Produção: Beto Souza e Pedro Machitte.
Direção e Dramaturgia: coletiva.
Design e operação de luz: Valéria Lovato e Olavo Cadorini.
Operação de som: Leo Braz.
Cenário: Cia Canastra.
Cenotécnico: Yuri Godoy.
Fotografia: Oswaldo Roldan.
Designer gráfico: Pedro Truszko.
Música “Miss Foda-se”: Composição: Veridiana Benassi e Adriano DiSidney. Arranjo: Fernando Zuben. Figurinos: Ateliê da Branca. Perucas: Eva X. Contra regra: Alef Nunes. Bonecos pombos: Ricardo Pena.
Assessoria de Imprensa: Ensaio Comunicação.

***

Cacilda: O Concurso Drag

8 de outubro. Terça-feira, às 21h.
Local: Teatro Cacilda Becker (Rua Tito, 295 – Lapa)
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)
Link ingressos antecipados: https://www.sympla.com.br/cacilda-o-concurso-drag__659728
Capacidade:
198 lugares
Classificação Indicativa: 12 anos
Duração: 90 min

Ficha Técnica

Apresentação: Thelores.
Juradas Fixas: Mercedez Vulcão e Vera Ronzella.
Juradas convidadas: Penelopy Jean e Rita Von Hunty.
Drags participantes: Antônia Pethit, Aurora Grace, Chica Didi, Fedra e Lunna Black.
Produção: Cia. Canastra.
Designer de luz: Diego Rocha.
Operação de som: Adriano Castanheira.
Fotografia: Aline Ewald.
Designer gráfico: Vera Ronzella.
Assessoria de Imprensa: Ensaio Comunicação.
Realização: Cia. Canastra e Cacilda Toda Terça.

***
As Bunytas da Rádio

De 9 a 30 de outubro. Quartas-feiras, às 21h30
Local: Cabaret da Cecilia (Rua Fortunato, 35)
Ingressos: Pague quanto puder
Capacidade: 70 lugares
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 50 minutos

Ficha Técnica

Drags: Jhenny (Renato Lima), Mercedez Vulcão (Pedro Machitte) e Thelores (Beto Souza).
Músico Convidado: Luiã Borges.
Produção: Cia. Canastra.
Direção e Dramaturgia coletiva.
Cenário: Cia Canastra.
Fotografia: Oswaldo Roldan.
Designer gráfico: Pedro Truszko.
Figurinos: Ateliê da Branca.
Assessoria de Imprensa: Ensaio Comunicação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Por favor, insira seu nome